Ads 468x60px

sexta-feira, maio 18, 2012

[Resenha] Rangers, Ordem dos Arqueiros (Ruínas de Gorlan) - John Flanagan

Finalmente eu li o primeiro livro da série Rangers que é o Ruínas de Gorlan. Eu digo finalmente pois fiquei com ele parado na minha estante por uns 5 meses mais ou menos.
O motivo é que o começo dele é bem chato, lento e enrolado. É muita explicação para você conseguir entrar na história. Mas ontem eu decidi que ia terminar ele (eu só tinha lido uns 5 capítulos) e consegui!

Ele foi lançado no Brasil pela editora Fundamento e foi escrito por John Flanagan. John escreveu este primeiro livro pensando em seu filho, que sempre reclamava que era menor e mais fraco que seus amigos. Para ajudá-lo a ver que até os pequenos podem ser heróis e estimular seu filho a ler, escreveu este livro e o deu para seu filho. Hoje, com 20 e poucos anos, Michael tem 1,80 m, ombros largos e é forte, mas ainda adora Rangers, Ordem dos Arqueiros.

Prontos para a resenha?

Título: Rangers, Ordem dos Arqueiros (Ruínas de Gorlan)
Volume: 1
Autor: John Flanagan
Editora: Fundamento



Will mora num castelo com outras crianças. Quando chega num determinado momento, todas essas crianças do castelo são encaminhadas para serem aprendizes de alguém pelo reino. O sonho de Will é entrar para a Escola de Guerra e ser um herói como seu pai, mas seu destino é outro. Ele acaba virando aprendiz de Halt, um arqueiro destemido e temido por muitos, por acharem que ele tem habilidades que são quase surreais. Com Halt, Will aprende todas as habilidades que um arqueiro possa ter. Aprende a manusear as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e... um pequeno pônei muito teimoso.

Não sendo o que Will sonhou para sua vida, ele tem que se acostumar com a ideia e virar um arqueiro. Com o tempo, ele descobre que isso foi a melhor escolha de sua vida. Junto com Halt, ele parte em uma perigosa missão: impedir o assassinato do Rei. Esta viagem não só trará a Will novas experiência e aperfeiçoamento de suas habilidades, mas também ele irá descobrir o quão nobre é ser um arqueiro.
Como já disse, o começo é bem chato. Mas quando engrenei na leitura e passei da metade do livro, ficou muito legal e interessante. O livro inteiro é praticamente uma introdução. A história começa mesmo no final. 

Achei a capa muito legal. Essas flechas na frente dão um efeito meio que 3D e as páginas do livro são todas enfeitadas nas bordas e nos capítulos também. O espaçamento é bom e a letra é grande, então dá pra ler ele rapidinho.
Pretendo comprar as continuações porque depois que terminei fiquei bem contente com o que li. Achei uma história diferente, por se tratar de feudos, castelos, arqueiros e monstros antigos. Nunca vi uma série de arqueiros.

Não acreditava que um dia diria isso, mas... Recomendo este livro para todos! Só tenham paciência no começo e vão com fé. Me surpreendeu!

Um comentário:

Comente e faça um blogueiro feliz!