Ads 468x60px

quarta-feira, maio 30, 2012

[Resenha] O mundo de Sofia - Jostein Gaarder

Título: O mundo de Sofia
Volume: 1
Autor: Jostein Gaarder
Editora: Cia. das Letras


O mundo de Sofia conta a história de uma garota chamada Sofia Amundsen que está às vésperas de seu aniversário de 15 anos. Certo dia ela vê em seu correio uma carta sem selo e sem remetente endereçada à ela. Imediatamente pega a carta e a lê. O que está escrito a intriga muito e ela fica pensando a respeito. Não passa de uma simples pergunta: Quem é você?


Depois de pensar e pensar muito, ela chega a uma conclusão. Depois começam a chegar mais cartas com perguntas. Uma dessas cartas vem escrito que ela irá receber um curso grátis de filosofia pelo correio por um filósofo desconhecido. Num primeiro momento ela fica espantada com essa ideia, mas depois aceita e começa seu curso de filosofia. 

Ao longo do curso ela aprende várias coisas sobre os filósofos antigos, passa pela criação da Grécia, pelos primeiros pensadores, os mitos e o princípio da arte de pensar filosoficamente. Conhece também grandes filósofos como Demócrito, Sócrates e Platão.

Porém, no meio do curso, ela começa a receber cartões-postais de um homem que se diz ser um major que trabalha para a ONU e que está atualmente no Líbano. Sofia vê que os cartões na verdade não são para ela, e sim para uma menina chamada Hilde Knag. Ela não faz ideia de quem é essa menina e por que o pai dela - o major do Líbano - está mandando uma cópia dos cartões de sua filha para Sofia. O mais incrível é que Sofia descobre que os cartões são de aniversário para Hilde e ela faz no mesmo dia que Sofia. E mais, também é seu aniversário de 15 anos.

É aí que tudo começa a não fazer sentido. Sofia e seu professor, que agora já se conhecem pessoalmente, ficam intrigados com essa história do cartão e começam a pensar a respeito, ainda prosseguindo com o curso. 

Quando Sofia se dá conta do que está acontecendo no seu mundo toda a história muda! Sua concepção do que é o mundo real começa a mudar e ela vê que existe uma história paralela a dela e de seu professor e que está ligada a essa estranha e desconhecida menina...

Jostein Gaarder
"O mundo de Sofia" foi escrito pelo norueguês Jostein Gaarder e foi lançado pela Cia. Das Letras. Ele estudou filosofia, teologia e literatura. O resultado de seus estudos está neste livro.
Só tenho duas palavras para descrever este livro: louco e reflexivo. O livro inteiro é realmente um curso de filosofia. Porém, junto com o curso, vem a história de Sofia. Mas também a história de Sofia não é uma realidade, pois ainda há outra história dentro da história. Por isso eu digo que ele é louco! Quando você se acostuma com a história, tudo muda. É, não tem como eu falar mais...

É um livro que te faz pensar bastante a respeito de questões como: de onde viemos, quem somos, por que estamos aqui e para que estamos aqui. Perguntas filosóficas! 

O autor realmente faz você pensar sobre isso com exemplos fáceis de se entender. Quando eu estava no final do livro, quando eu li um apontamento de uma das personagens, minha cabeça deu um nó! Comecei a questionar para mim mesmo o porquê de estarmos aqui e como foi que tudo surgiu. Se você parar pra pensar em questões como estas acaba ficando louco, pois não consegue chegar a lugar nenhum. E é isso o que os filósofos querem dizer. É assim que eles formulam suas teorias. 

Um ponto não negativo, mas que deixou a leitura super devagar, é que tem muita explicação de história e filosofia. Para falar a verdade, passa por todo o tipo de pensamentos, mas basicamente na história e filosofia. Por isso eu digo que para ler esse livro tem que gostar MUITO de história e MUITO de filosofia pra aguentar quando o autor começa a falar somente disso. Eu achei esses capítulos - todos praticamente - com muitas explicações difíceis de ler e, por serem grandes, acaba ficando mais chato ainda. Confesso que pulei alguns que tinham muito disso, mas não prejudicou no entendimento da leitura.
Não sei se entendi direito a proposta do livro, mas se Jostein queria dar um curso de filosofia, posso dizer que ele conseguiu!

No mais é um livro interessante, mas não leia se você não gosta de filosofia. Eu não gosto muito, por isso foi muito lenta e chata minha leitura. Só no final que eu dei uma focada legal na história. É um livro grande, tem 547 páginas. Se for ler, já vai preparado para uma aula! Voltando a dizer, se você quiser aprender mais sobre filosofia de uma jeito descontraído, esse livro é pra você.

Escrevi demais hoje, então vou parar por aqui (kkkk).

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e faça um blogueiro feliz!