Ads 468x60px

terça-feira, julho 31, 2012

[Resenha] O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

Hoje vou falar um pouco sobre o livro O Pequeno Príncipe, que vem encantando milhões de pessoas.

Título: O Pequeno Príncipe
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Agir
Número de páginas: 93


Esse livro, que é considerado filosófico, nos leva a pensar mais no que somos, o que buscamos e como agimos e os personagens apresentados desempenham papéis muito importantes. Ele nos conta um pouco da vida do Pequeno Príncipe em seu pequeno planeta, onde possui três vulcões, sendo que um estava extinto, e uma linda e orgulhosa rosa, a qual, apesar de todo carinho e atenção que recebia do príncipe, nunca estava satisfeita. Então, ele decide deixar seu planeta em busca das respostas para as perguntas que tanto lhe perturbavam e para descobrir qual era o mais novo sentimento que a flor fizera surgir. Em sua viagem, ele visita sete planetas. No primeiro encontrou um rei, que gostava de mandar em todos. 

No segundo encontrou um vaidoso, que só era capaz de ouvir os elogios. No terceiro encontrou um bêbado, que bebia para esquecer algo. No quarto encontrou um empresário, que só se preocupava com o que possuía. No quinto encontrou um acendedor de lampiões, que só seguia o regulamento. No sexto encontrou um geógrafo, o qual afirmava que seu trabalho era só registrar e não explorar. E o sétimo planeta era a Terra, onde ele conversou com muitos personagens. Encontrou um canteiro de rosas exatamente iguais a sua, um manobreiro, uma serpente, um piloto, e o personagem mais importante de todos, a raposa. E ainda temos o cientista turco que nos mostra como a aparência influencia na aceitação de alguém. Uma característica marcante do pequeno príncipe é que ele nunca, nunca desiste de uma pergunta, o que nos incentiva a sermos perseverantes.
Essa história até pode ser classificada como uma história infantil, mas sim, é destinada a todas as idades, pelo fato de se tratar de um livro que fala das muitas facetas humanas e suas necessidades de satisfação do Ego, sempre querendo ter mais do que já possui, ou impor ordens sobre alguém, além de trazer personagens que desempenham funções específicas inerentes às características humanas e respostas a perguntas que podem surgir em qualquer fase da vida. Ele nos ensina a ver o que realmente vale a pena e como enxergar isso. Nos mostra que quando viramos adultos esquecemos de procurar o que é essencial e só nos preocupamos em fazer o que é correto e que a melhor coisa a se fazer é nunca esquecermos a criança que fomos. É um livro encantador e emocionante, que conta com as aquarelas do autor, o que o torna ainda mais interessante. Além de ter frases muito conhecidas, citadas em várias redes sociais. É excelente, um dos livros que mais gostei de ler, e que mais me encantou durante a leitura, recomendo a todos!

E vocês, já leram? O que acharam? Comentem aí :]

6 comentários:

  1. Adorei a resenha! Nunca tive a oportunidade de ler esse livro, mas fico feliz quando tantas pessoas comentam sobre ele e praticamente TODAS gostam!
    Um beijão.
    http://livrodagarota.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! O livro é incrível, se você tiver oportunidade, leia ele, você também vai gostar!

      Beijos!

      Excluir
  2. Eu já li e é um dos meus livros favoritos. Eu concordo com vc, apesar de PP ser um livro "infantil", é tão filosófico, tão lindo, que recomendo para qualquer idade. Sempre me emociono com as palavras do autor!
    Adorei a resenha =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É maravilhoso mesmo!
      Obrigada e obrigada por visitar o Blog! :)

      Excluir
  3. O livro é realmente maravilhoso, e de acordo com a faixa etária do leitor, permite diferentes percepções, interpretações. Para cada fase da vida, permite que novas características sejam observadas e por essa razão pode ser lido muitas vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso é um livro indicado a todas as faixas etárias, não é mesmo? Obrigada por visitar o Blog. :)

      Excluir

Comente e faça um blogueiro feliz!